sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Anjos na nossa vida com Tourette

Quando nossas vidas estavam de cabeça para baixo presas no labirinto da Tourette, com a impulsividade a solta, com o toc rondando como fantasma e o tdah querendo roubar meu filho, tenho que dizer que não sabia o que fazer. Não havia saída, os medicamentos não estavam dando certo. Eu não consegui antecipar a consulta do médico, estava sendo a pior fase do meu filho porque tudo apareceu numa velocidade que não esperávamos . Eu não conseguia ver a saída, procurávamos e procurávamos e ... nada.
Anjos existem e mais do que nunca eu acredito em anjos.
Desde que tudo começou, um anjo esteve sempre por perto, alertando, pesquisando enquanto eu ainda estava no estágio bela adormecida. Não posso contar os finais de semana, enquanto ainda pequeno, ia distrair meu filho e fazia isso muito bem. Me alimentava com Livros , textos , pesquisas sobre Tourette, coisas que meu cérebro ainda não fazia. Seu pisca alerta estava ligado, se algo estava errado ela pesquisava de novo. Confortava, criticava com sua maneira única de fazer isso,não deixar de agradecer a Deus por este anjo que colocou em nossas vidas, aliás , me colocou em sua vida, porque estou com ela desde que nasci. Teomirtes é minha segunda mãe (Bita para os íntimos) . Não me deixou desistir, não abandonou meu filho por um só momento , rezou por mim quando eu não sabia mais rezar e principalmente me fez ver quem eu sou : a mulher, a mãe, a esposa e um ser feliz. Talvez pela profissão psicóloga, talvez pelo sangue ,minha família tem mulheres fortes e que labem a cria uma das outras, não importa, todos são filhos de todas.
Mas Deus não parou, Bárbara é um outro anjo, protege a mente do meu filho, sua vida, seus sentimentos , seu controle. Acho que a Tourette entrou em sua vida pela janela, invadiu seu consultório e fincou raízes. A Tourette tenho certeza , incomodou seu sono, até porque eu não dava descanso. Cheguei até ela, porque a terapia cognitiva é indicada para a síndrome ( essa é a expilicação racional, científica da coisa) na verdade, as mãos de Deus colocaram meu filho lá. Quantas vezes me desesperei , meu filho se desesperou e ela estava lá . Estudando, descobrindo, nunca se precipitou,  orientou-me, levei dúvidas, pensei em desistir. Ela teve paciência , acreditou em mim, viu com seus próprios olhos. Me alertou e me fez ver que mudanças são necessárias. E continua fazendo tudo pela Tourette, pelo meu filho. E me levou a outro anjo, que eu fui quase obrigada, porque eu não queria mudar , eu queria que tudo desse certo como estava. Mas não dava e eu tive que arriscar. E não foi um risco , foi uma graça de Deus, no pior momento da Tourette, mudei de médico e de especialidade, agora já não era um neuro , agora é uma psiquiatra. Fabiana , que me ensinou a confiar , ela nos deu a mão , não só profissional, mas a mão humana. A Tourette lhe arrancou alguns cabelos , e ainda arranca, porque ela (a tourette ) é uma caixinha de surpresas. A qualquer momento conto com ela, aprendi que para a Tourette isso é fundamental. Médico-amigo, está é a definição. Meu filho está em maravilhosas mãos . Encontrei a pessoa certa para o momento certo. E não esqueçam: é a pior fase da nossa amiga Tourette. Tem que ser muito médica e humana para enfrentar. Sim porque ela pegou nesta fase.
Deus estava mexendo os pauzinhos, tudo parecia uma loucura, eram mudanças para todo lado, a vida escolar se complicando cada vez mais e relações afetivas entre mãe e filho também, e mais um presente nos foi indicado: PAIE , é um programa de aprendizagem (um aglomerado de anjos que salvaram a confiança , segurança e estima do meu filho) E da maneira mais doce possível me afastaram da loucura de estudar e fazer tarefas. Daquele momento em diante , meu filho era delas,( Emília e seus anjos) no estudo , na busca de soluções e no apoio.  
Alguns anjos ficam adormecidos bem perto de nós o tempo todo, só esperando a hora de aparecer, parece historinha infantil, mas é vida real, que bom que é realidade pura. Pensei que o local mais difícil de achar seria na escola, mas encontro anjos todos os dias. O slogan da escola é superar desafios, e estão lutando sim.Obrigada aos anjos do Colégio Santa Úrsula por aprenderem com a Tourette.
E finalmente quem fez meu filho sorrir de novo,  mesmo sem saber , deu-lhe  confiança  para jogar futebol de novo, sem angústia, sem trauma, devolveu o que para o meu filho é mais especial a capacidade de jogar e ser feliz . Aquele maldito futebol que eu achava, que fazia meu filho olhar para cima e não ver a bola (um movimento da Tourette pela ansiedade) e eu não pedi nada, não expliquei nada, só disse que o futebol quase destruiu meu filho e ele agiu , ele foi e é um anjo mesmo sem saber. Sim , nunca vou poder agradecer o que voçê fez, professor Alan.(Colégio Santa Ùrsula),

Estes são anjos de Hoje, longe de mim esquecer os anjos que passaram por nós , pela Tourette: Jane Magalhães (psicóloga), Dr. Francisco Cardoso (médico) , Dr. Milton Hênio (médico), nossa família (todos) e nossos amigos indispensáveis (um abraço aquele que me levou a fé em uma manhã) E ao anjo dos anjos , o Guardião , a minha vida, a minha bengala, minha mãe.
                                                                



Dra. Fabiana (PSIQUIÁTRA)
Dra Bárbara Porto (psicóloga)
PAIE (EMÍLIA)

4 comentários:

  1. Olá sou pedagoga e faço pós em educação especial,gostaria de mais informações sobre Tourette artigos,livros ,pois este será o tema da minha monografia

    ResponderExcluir
  2. Olá, meu nome e Regina sou portadora da Sindrome de Tourette ja li os livros a Maldição de Tourette autor
    Giba Carvalheira, Tiques Cacoetes e Sindrome de Tourrete...e outros

    ResponderExcluir
  3. Pode me passar os contatos dos medicos para meu filho . Podexser no email stella@stellaaguiar.com.br

    ResponderExcluir
  4. Por favor!!!! Sao uma da manha e meu filho nao dorme pois a cabeca dele nao para de mexer!!!!

    ResponderExcluir