domingo, 18 de dezembro de 2011

Qual o tratamento ideal para o portador da síndrome de Tourette?

Qual o tratamento ideal para quem é portador da síndrome de Tourette?

Essa foi uma pergunta que me fiz por um bom tempo, mas a resposta realmente está no médico, psiquiatra ou neurologista, ele é quem pode avaliar o que o portador necessita. Já me assustei mais com as bulas dos remédios , hoje , fico vigilante, mas o pavor é menor. Penso sempre no velho ditado : "Ruim com ele, pior sem ele".
Lembro do primeiro remédio controlado, em quantas vezes li  a bula ,mas os movimentos eram tantos que eu não tive opção.
Meu filho , um menininho de apenas 5 anos tomando remédio controlado e na bula não falava em Tourette , não existia um medicamento dirigido para essa síndrome e isso me assustou.
Oito anos depois, ainda não temos medicamento específico, mas temos um leque vasto de opções e pesquisas sendo feitas.
O "medo do controlado" não é mais o mesmo, porém ainda existe.Esse tipo de tratamento é o chamado medicamentoso. Conheçam os tipos de tratamentos citados pela literatura:



Tratamentos para a Tourette:
Tratamento medicamentoso: existem medicamentos específicos para aliviar os tiques da síndrome. Essas drogas não curam a doença, servem apenas para controlar os tiques. Esses medicamentos só devem ser utilizados, quando prescritos pelo médico. Jamais utilize medicamentos sem prescrição médica. No caso da Síndrome de Tourette medicamentos não prescritos pelo psiquiatra ou neurologista, podem causar mais transtornos a curto e a longo prazo no quadro da sintomatologia da doença.

Tratamento neurocirúrgico: Muitos procedimentos neurocirúrgicos foram realizados com o objetivo de aliviar a incapacitação produzida pelos tiques motores complexos e vocais. Essas cirurgias permanecem no ambiente experimental e existem apenas dados limitados concernentes aos riscos e aos benefícios de alguns procedimentos específicos. A barreira que se justifica para poucos procedimentos neurocirúrgicos, justifica-se pela ocorrência de seqüelas neurológicas mais graves do que a própria sintomatologia da doença original.

Tratamento psiquiátrico: De 30 a 60% dos pacientes com a Síndrome de Tourette, podem desenvolver a idéia obsessiva e os rituais de olhar fixo e imagens intrusivas, sons, palavras ou música, são sintomas que surgem anos após o início dos tique motores, durante a latência tardia ou nos anos da pré-adolescência. O comportamento compulsivo muitas vezes aparece primeiro e pode ser muito difícil, ou mesmo impossível, distingui-lo de tiques motores complexos. Por isso a necessidade de tratamento psiquiátrico a longo prazo.

Tratamento psicopedagógico: Embora a eficácia de intervenções educacionais de suporte não sejam avaliadas rigorosamente em portadores da Síndrome de Tourette, em alguns casos parecem apresentar clinicamente efeitos positivos.

Terapia cognitivo-comportamental têm sido apontada como uma das mais eficazes terapias, para os portadores da síndrome.

Tratamentos alternativos: métodos alternativos para reduzir o stress, como exercícios, musicoterapia, relaxamento, psicoterapia de grupo, podem ser eficazes no tratamento da síndrome, devendo ser incentivados.

           Fonte: http://mccorreia.com/cerebro/sindromedetourette.htm

           È sobre esse último  tratamento que eu quero me aprofundar: Tratamentos Alternativos.
           Não quero dizer com isso , que eu penso em retirar o medicamentoso, a terapia ou os demais, não é isso , estou procurando apenas " Alternativas" que possam ajudar.
Algo que diminua a ansiedade, por exemplo. Ou que ajude no controle  da ira. Ou ainda que possa ajudar o TDA.
            Tem vários tratamentos desse tipo, sei que não tem comprovação científica, mas existem estudos que são animadores. Hoje começo a investigar .

8 comentários:

  1. acho que tenho essa sinrome de tourette,,,tenho um balançar de cabeça que é involuntário desde os 10 anos de idade

    ResponderExcluir
  2. não sei o que fazer qual médico procurar por favor me ajudem? meu email aiton3.c@hotmail.com..meu telefone 011985249602 ( claro )

    ResponderExcluir
  3. Procure psiquiatra e psicólogo por serem os mais capacitados para lidar com a síndrome.

    ResponderExcluir
  4. PEÇA AO SEU MEDICO LHE FAZER O USO DE UM MEDICAMENTO CHAMADO HALOPERIDOL É MUITO EFICAZ NESSES CASOS DE TIQ

    ResponderExcluir
  5. TAMBEM TENHO TIQ E USO O MEDICAMENTO CHAMADO HALOPERIDOL E É MUITO BOM

    ResponderExcluir
  6. TAMBEM TENHO TIQ E USO O MEDICAMENTO CHAMADO HALOPERIDOL E É MUITO BOM

    ResponderExcluir
  7. Esse medicamento exige receita médica?

    ResponderExcluir
  8. Risperidona e um bom remédio para isso?

    ResponderExcluir